Dorival deixa distância para o Palmeiras em 2º plano: “Preocupação é fazer nossa parte”

Treinador diz que não é o momento de o Flamengo fazer contas e pede concentração total no jogo contra o São Paulo, domingo no Morumbi. Distância para o líder é de quatro pontos

O adversário de domingo é o São Paulo, mas a diferença de quatro pontos para Palmerias foi tema na coletiva de Dorival Junior, nesta quinta, no Ninho do Urubu. O treinador, no entanto, alerta que não é o momento de fazer contas e pede concentração total na partida no Morumbi.

– É o que menos fazemos (pensar no Palmeiras). Perdemos a possibilidade do confronto direto. Era importante. Reconhecemos a capacidade do Palmeiras e a diferença considerável de pontos. Mas acreditamos muito. A preocupação eclusiva é fazer a nossa parte”. O próximo resultado terá uma importância muito grande. Não nos preocupamos com mais nada a não ser com nosso próximo adversário. Fico satisfeito com o futebol que estamos apresentando, mas temos muito a melhorar.

Dorival considera o jogo contra o São Paulo de extrema importância para a sequência do Flamengo e recordou o encontro do primeiro turno, quando o time carica, então na liderança, era perseguido de perto pelo Tricolor. O Flamengo perdeu na ocaisão por 1 a 0 no Maracanã, ainda sob o comando de Maurício Barbieri.

– É natural que tenha a mesma conotação que a partida do turno, porque as equipes vivem um mesmo momento, com posições muito próximas. É um momento de definição, então precisamos ter cuidado. Precisamos de equilíbrio e tranquilidade, mas com alegria e agressividade em busca do resultado”.

OUTROS TRECHOS DA ENTREVISTA

Um mês à frente do Flamengo

Acho que foi um mês altamente positivo por tudo o que aconteceu, pela forma como Flamengo tem se comportando nas partidas. Todos têm observado que estamos trabalhando para que melhoremos cada vez mais. A equipe tem apresentado uma evolução muito grande. Fico feliz. Importante para que tenhamos um final de competição bom.

Diego

Se vocês observarem todos os treinamentos, temos feito algumas alterações. Precisamos dar ritmo a todos. Até porque os jogadores têm sido importantes nas entradas, tem feito partidas decisivas. o Diego é muiot importante, todos sabem. Não atuou nessas duas partidas, mas é fundamental para nós e vai ser importante nesta reta final. É um jogador diferenciado e tem tudo para estar atuando.

Reencontro com o São Paulo

No ano passado, quando cheguei, saímos da 19ª colocação para brigar pela liderança do returno. Acredito ter deixado uma equipe com sustentação. No Brasil, infelizmente, o tempo trabalha contra o treinador. Não tenho nada contra o São Paulo. As pessoas lá foram muito corretas comigo.

Libertadores

Nós tivemos duas decisões muito importantes, decisões que fizeram jus aos momentos que vivem as quatro equipes que estiveram nessa disputa. Lógico que todos aguardávamos uma decisão entre Grêmio e Palmeiras, mas temos que respeitar o que Boca e River fizeram. É natural que as duas equipes se voltem 100% para o Brasileiro, já vinha sendo assim. O campeonato ganha algumas situações muito mais positivas para o momento final. É natural que se torne ainda mais difícil para quem está buscando pontos.

Fonte: globoesporte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *